PAPD - PROGRAMA DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

 


 

 

  

 

 

  

 

 

 

 

 

 SOBRE O PAPD

   O PROGRAMA DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PAPD) é um projeto de extensão, desenvolvido na Faculdade de educação Física da Universidade Federal de Uberlândia (FAEFI-UFU), desde 1982. Ele tem como objetivo desenvolver ações com pessoas com deficiência, por meio de atividades físicas, esportivas, recreativas e de lazer, contribuindo no processo de reabilitação, interação social e melhoria de qualidade de vida dos participantes. Por mei de práticas corporais são estimulados os aspectos cognitivo, motor, sociais e afetivos de cerca de 180 alunos, com idades, variando entre seis meses a setenta e cinco anos, com diferentes deficiências, entre elas deficiência auditiva, física, intelectual, visual, transtorno do espectro autista e as deficiências múltiplas.

    O PAPD é coordenado por um docente do curso de Educação Física, uma técnica em assuntos educacionais e uma professora colaboradora da Prefeitura Municipal de Uberlândia. As tarefas da secretaria são realizadas por um técnico administrativo da FAEFI. O trabalho é realizado em parceria com a disciplina Prática Pedagógica em Educação Física (PIPE 5) do curso de graduação em Educação Física. A partir de uma avaliação semestral dos alunos com deficiência e sob orientação do professor do PIPE 5 e monitores do curso, os acadêmicos dessa disciplina planejam e desenvolvem estratégias de ensino  nos seguites temas: atletismo, futebol, futsal, hidroginástica, musculação, natação, psicomotricidade, recreação entre outros.

  

QUEM É A PESSOA COM DEFICIÊNCIA

   De acordo com a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência - ONU Organizações das Nações Unidas/2006, "as pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual ou sensorial (visão e/ou audição) os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade de condições com as demais pessoas".

   É um cidadão com os mesmos direitos de autodeterminação e usufruto das oportunidades disponíveis na sociedade. Deficiência não é sinônimo de doença e, portanto, uma pessoa não pode ter sua vida prejudicada em razão de sua deficiência. A pessoa com deficiência possui limitação ou incapacidade para o desempenho de atividade; pode apresentar uma ou mais deficiências, percebida ao nascimento ou adquirida ao longo da vida; existem doenças que embora não estejam enquadradas como deficiência podem produzir direta ou indiretamente graus de limitação variados, destacamos os distúrbios de fala, da linguagem ou comportamentais e os transtornos orgênicos.

   A deficiência é um atributo de ser humano, como ser alto, baixo, gordo ou magro, sendo que as pessoas com deficiência fazem parte dessa diversidade, com os mesmos direitos e deveres dos demais cidadãos.