PAPD - PROGRAMA DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

 


  DEFICIÊNCIA AUDITIVA

Essa expressão sugere a diminuição ou ausência da capacidade para ouvir determinados sons, devido a fatores que afetam quaisquer das partes do aparelho auditivo. A Política Nacional de Educação Especial define a deficiência auditiva como sendo a "perda total ou parcial, congênita ou adquirida, da capacidade de compreender a fala através do ouvido" (BRASIL, 1994).

IDENTIFICAÇÃO DA SURDEZ:

  • Ausência ou interrupção do balbucio a partir do oitavo mês de vida;
  • Ausência de reações a ruídos ambientais e familiares;
  • As primeiras palavras com aparecimento tardio;
  • Excesso de comunicação gestual e pouca emissão de palavras;
  • Solicitação constanta para que semam repetidas as palavras e instruções;
  • Fala sempre muito alto ou baixo;
  • Dores ou inflamações constante no ouvido;
  • Cabeça virada para ouvir melhor, em posição pouco comum;
  • Olhar dirigido para os lábios de quem fala e não para os olhos;
  • Respostas muito frequentes a ruídos antes do que a vozes;
  • Falta de interesse as solicitações do professor, dando a impressão de desatenção ou "preguiça";
  • Frases não estruturadas.