Curso

Curso de Graduação Fisioterapia

por Portal FAEFI
Publicado: 25/08/2020 - 00:00
Última modificação: 25/03/2021 - 17:12
Sobre o curso: 

Com a proposta de expansão de vagas do governo federal do “Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI”, a Universidade Federal de Uberlândia, num esforço coletivo liderado pela atual gestão administrativa vem, desde 2002, pautando nas reuniões dos Conselhos Superiores da Instituição o tema da qualidade do ensino e da ampliação da oferta de vagas e de cursos, seja no âmbito de graduação ou no de pós-graduação.

Nessa perspectiva o Conselho de Graduação definiu os parâmetros de qualidade, situando a solidez de uma formação contextualização articulada à capacidade reflexiva e crítica como um dos princípios orientados dos Projetos Pedagógicos dos cursos de graduação, e, especificamente no enfrentamento da questão das vagas ociosas, encaminhou a decisão pelo preenchimento dessas vagas públicas, por meio de aumento de vagas nos cursos já consolidados e criação de novos cursos.

O tema da expansão de oferta de vagas e da criação de novos cursos na UFU foi também objeto de atenção específica de uma Comissão que estudou, em 2003-2004, diferentes alternativas para a expansão da graduação. Os resultados evidenciaram que na possibilidade de existência de recursos orçamentários capazes de sustentar uma expansão qualificada, a Instituição, além da abertura de seu campus avançado, apresenta uma boa disposição para o crescimento, especialmente com a criação de novos cursos. Em 2005 iniciou o processo de discussão e elaboração de seu Plano Institucional de Desenvolvimento e Expansão – PIDE, cujo período de execução abrangerá os anos de 2008 a 2012. Dentre os objetivos apresentados no PIDE configura-se a clara intenção de expandir a ofertas de cursos e de vagas e, para concretiza-la, a UFU referencia-se em valores e/ou princípios orientadores de uma expansão qualificada de vagas e cursos, articulada ao fomento da pesquisa, da extensão e à promoção de todo o desenvolvimento institucional.

Em que pese à importância desses objetivos no cumprimento de sua função social, a UFU tem clareza de que sua consecução é incompatível com condições infraestruturais precárias e com insuficiência no seu quadro de servidores (docentes e técnicos administrativos). Por essa razão, a proposta de criação do curso de Fisioterapia está alinhada às ações dirigidas para a ampliação de seu quadro de servidores (docentes e técnicos administrativos), bem como ao atendimento das necessidades de infra-estrutura, como condição para a oferta de uma formação igualada àquilo que as universidades públicas têm oferecido, pois estruturada no tripé ensino-pesquisaextensão, com regime de tempo integral e dedicação exclusiva por parte de seus docentes.

Nessa direção a proposta para criação de um Curso de Graduação em Fisioterapia na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) surgiu da identificação de inúmeras condições locais favoráveis, ou seja: 1) projeto de expansão Reuni, adotada pela UFU; 2) excelência dos Cursos de Graduação ministrados na UFU; 3) existência de diversos Cursos de Graduação na área de saúde: Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Medicina, Odontologia; 4) demanda pelos cursos na área de saúde no exame vestibular; 5) disponibilidade de recursos humanos na área de Fisioterapia e em áreas correlatas; 6) gratuidade do ensino; 7) possibilidade de expansão do campus Educação Física utilizando a infra-estrutura existente com necessidade de ampliação de laboratórios, clínica de fisioterapia, salas de aula e de professores entre outros, para acomodação do curso, com orçamento previsto no “Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI”.

A elaboração do Projeto do Curso de Fisioterapia da Faculdade de Educação Física da UFU foi feita com o desenvolvimento das seguintes atividades.

  • Reuniões periódicas dos Membros da Comissão do Curso de Graduação em Fisioterapia, com assessoria direta da Profa. Marisa Lamônaco de Paula Naves, Diretora de Ensino da UFU.
  • Reuniões periódicas dos Membros da Comissões dos Cursos de Graduação em Fisioterapia e em Nutrição, com assessoria direta da Profa. Dra. Marisa Lomônaco de Paula Naves.
  • Análise do documento “Orientações Gerais para Elaboração de Projetos Pedagógicos de Cursos de Graduação”, elaborado pela Pró-Reitoria de Graduação – UFU.
  • Levantamento bibliográfico, com análise crítica e inclusão da literatura pertinente.
  • Análise dos projetos pedagógicos de Cursos de Graduação em Fisioterapia de outras Instituições de Ensino Superior.
  • Discussão com outros profissionais da Área de Saúde e da Universidade Federal de Uberlândia.

 

Perfil profissional: 

O curso de Graduação em Fisioterapia da Universidade Federal de Uberlândia busca a formação de profissionais capazes de representar, com competência, compromisso e criatividade, a classe trabalhadora a qual escolheu pertencer. O profissional formado pelo curso deve ser um profissional capaz de atuar de maneira coerente com a realidade sócio-cultural e política, trabalhando numa perspectiva de prática reflexiva, a fim de que sua intervenção possa resultar positivamente no intuito de solucionar problemas e decidir autonomamente sua atuação.

Este perfil de formação está embasado também, em uma concepção da saúde emitida pela Organização Mundial da Saúde: “Um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”. Esta concepção vai ao encontro do conceito de qualidade de vida, cujo provento é a saúde, o bem estar, a prevenção de doenças e a busca de prolongamento da vida. A formação generalista, humanista, crítica e reflexiva torna o indivíduo qualificado para o exercício profissional com base no rigor científico e intelectual, pautado no princípio ético – é a busca pela qualidade de vida dos cidadãos. O compromisso, a responsabilidade individual e a atuação segura deverão estar alicerçados em estudos, pesquisas e intervenção profissional e acadêmica, dentro de um contexto específico e histórico-cultural, para atender às diferentes manifestações na área da saúde.

Para o desenvolvimento desse perfil, o curso de Fisioterapia irá oferecer possibilidades de apropriação de conhecimento, através de ensino, pesquisa e extensão, permitindo ao graduado um domínio de competências de natureza técnico-instrumental, política e pedagógica, estruturada numa reflexão que leve em conta as ações e desafios cotidianos que requerem sempre um exercício de reflexão pautado em princípios éticos. Assim, o profissional graduado no Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Uberlândia, estará plenamente capacitado para:

1. Inserir-se profissionalmente nos diversos níveis de atenção à saúde, atuando em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;

2. Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;

3. Contribuir para a manutenção da saúde, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticasdeontológicas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;

4. Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas múltiplas dimensões (bio-psico-sócio-cultural), em unidades de saúde, hospitais, empresas, instituições, projetos de saúde e esporte, pautando-se, portanto, em uma visão holística do ser humano integrado;

5. Desenvolver formação técnico-científica, ética e política que confira qualidade ao exercício profissional;

6. Compreender o contexto em que vive de modo a reconhecer a estrutura e as formas de organização social, suas transformações e expressões;

7. Promover estilos de vida saudáveis, conciliando as necessidades tanto dos seus beneficiários quanto às de sua comunidade, atuando como agente de transformação social;

8. Atuar em políticas e programas de saúde, segurança e vigilância sanitária, visando a promoção da saúde, de educação e no contexto das políticas públicas;

9. Dominar os conhecimentos específicos básicos da natureza bio-psico-socioambiental subjacentes a prática do Profissional de Fisioterapia e bem como o domínio da identificação dos problemas encontrados noexercício da prática profissional, sua natureza e possibilidade de interpretação dos dados daí advindos e busca de possíveis soluções;

10. Conhecer e desenvolver processos e etapas da produção do conhecimento científico reconhecendo seus princípios, produzindo e realizando a leitura crítica de diversos textos e registros dessa produção, inclusive desenvolvendo e participando de pesquisas e outras formas de produção do conhecimento que objetivam a qualificação da prática profissional;

11. Lidar criticamente com a dinâmica do mercado de trabalho e com as políticas de saúde, educação pública;

12. Atuar como sujeito de transformação social, respondendo as especificidades regionais de saúde, através de intervenções planejadas.

 

Portanto, o bacharel egresso terá amplo cabedal de conhecimentos teórico e prático generalistas para atuação plena como profissional clínico de primeiro contato, para o exercício autônomo da avaliação, diagnóstico, prognóstico e planejamento fisioterapêuticos, além de encaminhamentos intra e transdisciplinares, prescrições, solicitações de exames subsidiários ao atendimento de pacientes e alta em sua seara de atuação.

Perfil do ingressante: 

Espera-se que o ingressante no curso de Graduação em Fisioterapia da Universidade Federal de Uberlândia venha de escolas públicas e privadas de todas as regiões do Brasil e que estejam em busca de formação profissional em saúde. Estudantes que tenham um repertório de cultura geral, senso crítico, iniciativa, disposição e disponibilidade para a construção participativa dessa formação profissional e humanística, uma vez que, após sua formação, irá atuar na prevenção, promoção à saúde e reabilitação nas mais diversas áreas da saúde.

Habilitação: 
Bacharelado
Regime acadêmico: 
Semestral
Turno de oferta: 
Integral
Duração: 
5 anos (10 semestres)
Prazo mínimo: 
4 anos e meio (09 semestres)
Prazo máximo: 
7 anos (14 semestres)
Número de vagas oferecidas: 
60 vagas anuais divididas igualmente em cada semestre
Resultado das avaliações do MEC: 
ENADE (2019): 4
Coordenador(a): Julia Maria dos Santos
+55 34 3218-2968 R:2968
Secretaria
Guilherme Reis dos Santos
+55 34 3218-2969 R:2969
Horário de atendimento: 
De segunda a sexta-feira das 07:00 às 13:00. * Excepcionalmente em razão da emergência de saúde pública (COVID-19) o atendimento está sendo realizado de maneira remota, preferencialmente através do e-mail cofit@faefi.ufu.br
Endereço: 
Campus Educação Física - Bloco EDU2F - Sala 100
RUA BENJAMIM CONSTANT - 1286 - Bairro APARECIDA
Uberlândia - MG - CEP 38400-678